4 de julho de 2011

Um dia

Um dia a gente nasce
A gente chora, abre o olho,
Cresce e vive a vida

Um dia a gente ama,
Sofre, apanha
Dá a volta por cima

Um dia a gente se empolga,
Exagera, canta e grita,
Um dia a gente briga

Um dia a gente sonha,
Fica cheio de esperança
E, de repente, dança

Um dia a gente para,
Pensa e se dá conta
Que cada dia é um dia
E um dia pode ser tudo na vida.

4 comentários:

  1. Devemos aproveitar ao máximo nossos dias.

    Amei seu poema.

    ResponderExcluir
  2. - os dias deveriam ser SEMPRE simples e lindos como o seu poema.

    grande abraço.

    ResponderExcluir